Globe Person

Entrevistas

Entrevistamos cidadãos do mundo, que compartilham suas vivências e aprendizados. Confira abaixo, ou diretamente no nosso canal do youtube:

Tendo em vista que temos um público internacional, alternamos entre entrevistas em português e em inglês, mas disponibilizamos legendas para que você possa acompanhar estas jornadas inspiradoras.

ENTREVISTAS
2021.08.15 GLOBE PERSON CONVIDA: Valesca Anschau, PhD

Paixão por GlobeScience

Valesca Anschau cresceu em uma pequena cidade do Brasil e, após se formar, ingressou na USP para dar continuidade aos estudos. Seu trabalho foi tão incrível que ela recebeu o convite para viajar pelo mundo: foi primeiro para o Uruguai, depois para a Espanha, voltou para o Brasil, e de lá para Valência, na Espanha, onde recebeu o convite para trabalhar nos EUA.
Ela é muito competente no que faz e menciona com o coração apertado o quanto sente falta da família e dos amigos no Brasil, mas sua paixão pela ciência e seu apreço pelo ambiente onde trabalha são ainda maiores, então ela engole sua “saudade ” e segue em frente.
Nestes tempos de pandemia, precisamos de competência mundial para encontrar soluções, e somos muito gratos por heróis como ela que trabalham tão arduamente para encontrar uma solução que beneficie toda a humanidade

2021.04.19 Mariana Vetturazzi4

Fazendo o sonho acontecer 
em francês

Mariana Vetturazzi estudou medicina na Universidade de Caxias do Sul, e fez estágio no Hospital Pompéia e no Hospital Geral em Caxias. Querendo expandir seus conhecimentos, foi para a França, onde fez estágio no Hôpital Croix-Rousse e no Hôpital Louis Pradel em Lyon. Gostou tanto que decidiu ficar. Para ser médica na França é muito difícil validar o diploma brasileiro, assim em muitos países da Europa. Decidiu então virar a mesa começar do zero, aprender francês na faculdade, para então matricular-se no curso de medicina e fazer seu sonho acontecer. No Brasil, presenciou momentos onde os haitianos tinham dificuldade em receber atendimento médico por não falarem português fluentemente, e, ao invés de calar-se, criou cartilhas em francês e buscou chamar atenção dos políticos para o assunto.

2021.06.01 GLOBE PERSON CONVIDA: Renato Ramos

De Montes Claros, MG à Grã-Bretanha

A jornada além das fronteiras de Renato Ramos começou quando ele foi para o Reino Unido, em 2013, em um programa de intercâmbio. Gostou da experiência e decidiu voltar depois de formado em Medicina. Sem muito conhecimento de como validar seu diploma na nova terra, ele foi tentar a sorte. 
Foi uma jornada desafiante, mas ele conseguiu e agora compartilha sua experiência para ajudar outras pessoas que têm os mesmos sonhos

2021.04.06 GLOBE PERSON CONVIDA: Mario Juruena

Além das fronteiras da saúde mental

Mario Juruena é atualmente Professor Clínico Sênior em Psiquiatria Translacional no Instituto de Psiquiatria, Psicologia e Neurociência do King’s College London; e Professor Adjunto Associado da Faculdade de Medicina da Texas University em Houston, EUA.
Ele também é psiquiatra consultor no South London e Maudsley NHS Foundation Trust (SLaM), especialista em psiquiatria de adultos e transtornos afetivos no Reino Unido, trabalhando principalmente com estresse e transtornos afetivos como depressão, ansiedade, bipolaridade e estresse. Ele é atualmente o coordenador do Serviço de Tratamento Avançado Maudsley para Depressão Recorrente e Resistente e Doença Bipolar, no SLaM.
Ele publicou mais de 100 artigos de pesquisa originais, cinco livros e vários capítulos. Recebeu vários prêmios, incluindo Melhor Jovem Psiquiatra da Associação Brasileira de Psiquiatria, “Senior Clinical Psychopharmacology Award”, da British Association for Psychopharmacology e o “Robert W. Kerwin Prize” do Royal College of Psychiatrists pelo melhor artigo publicado no British Journal of Psychiatry e, mais recentemente, o Newton Fellow da Royal Society e Academy of Medical Sciences.
Ele afirma que, nesses momentos difíceis, os mais afetados são aqueles que já apresentam vulnerabilidade para a doença mental, que conseguiriam administrar sua vulnerabilidade em condições normais, mas com a sobrecarga de eventos estressante. Nesta entrevista ele conta um pouco sobre sua jornada no GlobePerson de Porto Alegre-Brasil, os diferentes tipos de doenças mentais e como lidar com elas.

2021.02.21 globe person convida: Thais Russomano

Além das fronteiras do planeta

Ao crescer, Thais Russomano sonhava em ser astronauta e morar no espaço. Muitas crianças têm sonhos semelhantes, que eventualmente desaparecem à medida que crescem, mas não para Thais.
Formou-se em medicina interna em Pelotas, RS, e deu continuidade à carreira com o mestrado em Medicina Aeroespacial e até mesmo o doutorado em Psicologia Espacial, áreas em que atua e leciona há 30 anos, em inúmeras entidades do país e do mundo.
Após as notícias da semana passada sobre o pouso bem-sucedido da NASA em Marte, temos certeza que você vai adorar ouvir sobre o trabalho desta brava brasileira. Sua empresa, a InnovaSpace, tem um projeto incrível chamado Kids2Space que visa começar a preparar os futuros profissionais que um dia trabalharão lado a lado para tornar a vida além do planeta Terra uma realidade.

2021.08.15 Globe Person convida: Ilia Radchenko

Amor russo dividido pelo COVID-19

Ilia Radchenko adora Engenharia Mecânica, e a oportunidade de fazer seu doutorado no Japão, com a espetacular infraestrutura que possuem em seus laboratórios, é algo que tem atraído as maiores mentes do mundo. Mas, acima de tudo, é o amor pela esposa, que ainda está na Rússia esperando a abertura das fronteiras do Japão que estão fechadas desde 26 de dezembro de 2021, sem data prevista para abrir.
Nesta bonita entrevista, ele conta sobre sua enorme admiração pelo Japão, mas compartilha conosco a dor te ter de viver longe da esposa devido às restrições impostas pelo governo japonês face ao COVID-19.

2021.05.04: AFS & PATRICIA McGAHAN

Desenvolvendo Cidadãos Globais

Em todo o mundo somos mais parecidos no que pensamos: todos querem pertencer a uma comunidade, ter necessidades básicas como água, alimentação e saneamento cobertos, ter uma boa educação, ter um emprego, proporcionar um lar confortável para nossas famílias, ver nossos filhos crescerem e se desenvolverem. Então, por que existem tantas guerras?
Essa é a crença exata do AFS, American Field Service, uma organização global sem fins lucrativos que oferece oportunidades de aprendizagem intercultural no intuito de ajudar as pessoas a desenvolverem o conhecimento, as habilidades e a compreensão necessários para criar um mundo mais justo e pacífico.
Eles capacitam jovens de todas as origens com habilidades globais essenciais – e a paixão por fazer a diferença.
Nesta entrevista temos Ana Paula Castro, Gerente de Operações do AFS, e Patricia Mc Gahan, americana, que hoje é professora em Tóquio, e em 1976 foi estudante americana de intercâmbio no Brasil na casa de Heloisa Oderich e, após anos sem se falarem, conectaram-se novamente via internet e tem mantido contato desde então.

Conheça a história do AFS em https://afs.org/archives/timeline/

2021.05.11 GLOBE PERSON CONVIDA: Keshari Rout

Da Índia para o mundo

Quando ligamos nossos computadores e nos conectamos à Internet, esperamos que tudo funcione perfeitamente: rápido, confiável e seguro. Mesmo quando usamos aplicativos gratuitos, esperamos alta qualidade.
O mundo da TI é um dos campos mais exigentes, pois a cada dia surgem novas soluções, as coisas aprendidas há uma década parecem como a idade da pedra. Alguns adoram, outros odeiam, mas o que não podemos mais fazer, principalmente depois dessa crise, é ignorar a tecnologia.
Nos bastidores, as coisas são muito mais complicadas do que pensamos, deve haver cérebros humanos planejando, monitorando, sendo a ponte entre os requisitos de negócios e os codificadores, arquitetos de TI e assim por diante. Há muito planejamento, desenvolvimento, codificação, teste, aprimoramento, um loop infinito de torná-lo melhor, mais seguro e atualizado visando atender as expectativas do usuário.
É isso que Sangram Rout vem fazendo há mais de 22 anos de sua vida. Um homem com cérebro matemático que diz “temos que definir em que medida teremos o mundo das TI em nossas vidas”. 

2021.03.20 GLOBE PERSON CONVIDA: Mikael Thelin

Um viking vivendo na Índia e Japão

A Suécia tem 10 milhões de habitantes, o Japão 126,5 milhões e a Índia 1,3 bilhão de habitantes. A Suécia usa o alfabeto romano, a Índia e o Japão têm seus próprios símbolos, na Índia existem mais de 19.500 línguas maternas. Em termos de cultura, o poder das mulheres é significativamente diferente, assim como a comida, o vestuário, o transporte, o clima, as regras sociais – para ser uma GlobePerson é preciso realmente navegar entre as culturas, especialmente quando se vive no país. Afinal, “Não há uma segunda chance de causar uma boa primeira impressão”.
Mikael Thelin falará sobre sua experiência em uma empresa global, gerenciando uma equipe primeiro remotamente e depois morando na Índia e no Japão, liderando projetos internacionais onde a diversidade realmente aumenta a qualidade do produto final.
Em cultura, não existe certo ou errado, nem melhor ou pior, apenas diferentes códigos de conduta que cada sociedade escolhe adotar.

Guest: Sirikun Loetsakwiman

Da Tailândia para a Suécia

Quando se pensa na Tailândia, as primeiras imagens que vêm à mente são lindas praias, comida deliciosa e massagens na praia, mas também há muitas mentes brilhantes por lá. Sirikun é filha única de um empresário de sucesso que, em vez de aproveitar os benefícios do árduo trabalho de seu pai, decidiu vir para a Suécia realizar seu sonho de também criar o seu próprio negócio a partir do zero.

No ano passado ela teve um projeto entre os selecionados para a primeira rodada da Chalmers Ventures e não deu certo, mas isso não a derrotou. Na verdade, este ano, outro projeto no qual ela está envolvida acaba de receber a Bolsa de Sustentabilidade da Göteborg Energi, trabalhando para desenvolver novos e melhores materiais para soluções mais inteligentes de armazenamento de energia.

2021.08.03: MAJA MILLIC

De uma pequena aldeia italiana para o Globe

A fascinante história de Maja Milic como GlobePerson começou cedo, quando saiu de casa bem jovem ansiosa por conhecer o mundo. Morou em vários países, conheceu pessoas fantásticas, aprendeu sobre diferentes culturas, gastronomias e modos de viver. Trabalhou em licitações e leilões de grandes empresas multinacionais, viajando pelo mundo e hospedando-se em luxousos hotéis, de onde originam-se muitas das idéias que hoje aplica em sua empresa de design, a Maya’s Homes, localizada no elegante bairro de Cascais em Portugal. Falando 7 idiomas, inglês, francês, alemão, espanhol, português, esloveno, e outros que não menciona, como o grego, da época que morou na Grécia, sua empresa é uma das preferidas dos estrangeiros de mudança para Portugal.

Guests

Latinos beyond America

Latinos are known for their easy laugh, sociability, colorful clothes and the “million words” to tell any story, while Swedes in general are the opposite. They don’t really want to stand out of the crowd by wearing bright colours in winter time, like very much their privacy and are economic with words.  Being invited for a fika, a pause for having coffee together, doesn’t mean that the conversation will flow all the time, something unimaginable for a latino, who has “silence panic”. One might say that it would be impossible to adapt, and yet they love their new country and long to be back when they are away.

You will hear the stories about these 3 brilliant latinos with successful business careers, and their steps from their homeland to this beautiful country of the lagom culture. 

2021.09.10 Globe Person convida: PAOLA PRADA

2021 SNIPE WOMENS WORLD
São Paulo, Brasil, 5-9 Oct, 2021

A Classe Snipe tem o prazer de apresentar o Campeonato Mundial Feminino de Snipe 2021, organizada pelo Yacht Club Paulista em São Paulo, Brasil, de 5 a 9 de outubro de 2021
Se você é mulher e adora velejar, este será um evento que não pode perder. A organização está indo fazendo de tudo para garantir seu sucesso, encontrando barcos entre os velejadores brasileiros para emprestar aos competidores internacionais, lugares para ficar e até mesmo velejadoras brasileiras de Snipe dispostas a fazer time com quem vem de fora. Então, tudo o que você realmente precisa fazer é entrar em um avião e vir. Acesse os sites:

https://2021womens.snipeworlds.org 
https://www.snipewomen.com/womens-worlds
https://snipedivas.blog

2021.02.14 Globe person convida: Linai Vaz

Sonhe alto e "Just do it"

Entre as maiores conquistas de Linai Vaz está a liderança na equipe norte-americana de natação sincronizada nos Jogos Olímpicos de Atenas 2004, onde a equipe conquistou três medalhas de bronze para os Estados Unidos. Mas esta incrível mulher de Porto Alegre também fez outras coisas espetaculares, como nadar 10 horas ininterruptas em uma piscina de 20 metros só porque um rapaz disse que era impossível uma mulher fazer isso.
Em suas palavras, “grandes sonhos são realizados duas vezes: primeiro na cabeça e depois na realidade”.
Ela trabalha para a Nike há 14 anos e provou ser uma ótima formadora de times, uma líder motivadora e experiente, alcançando posições de liderança cada vez mais altas ao longo de seu caminho. Sua função atual é Diretora Global de Têxteis.

Essa entrevista é um “shot de energia”, não perca!

2021.05.22 GLOBE PERSON CONVIDA: Michelle Lenhardt

Tóquio aqui vamos nós

Michelle Lenhardt tem a palavra “HARD”, duro, até mesmo em seu nome e, de fato, ela é uma pessoa que não tem medo de trabalhar duro para atingir os objetivos a que se propõe. Seu sucesso em superar desafios é impressionante e por isso estamos mais uma vez entusiasmados com sua nova conquista: ela é a primeira mulher a ir para a uma Olimpíada primeiro como atleta e agora como treinadora. É um trabalho de família: ela treina o marido, Bruno Fratus, e juntos formam um dos mais belos e harmoniosos pares de atletas, mas nunca pense que ela amolece durante os treinos: “Sem dor não há ganho” é o lema de todo atleta que está disposto a ter resultados incríveis, como o que ele vem obtendo. Segure firme a bandeira do Brasil quando ele estiver nadando em Tóquio, ele vai buscar a medalha de ouro, e a julgar pela carreira de Michelle esse casal muito provavelmente vai alcançar seu objetivo.

2021.03.01 GLOBE PERSON CONVIDA: Samory Uiki

Um salto bem longo para uma vida além das fronteiras

Samory Uki tinha 8 anos quando começou em um projeto social de atletismo na Sogipa. Ao perceber seu talento, Martina Lindemayer, treinadora da SOGIPA, um dos mais tradicionais clubes de atletismo do Brasil, viu nele um grande potencial. A ação dela se mostrou acertada: entre suas conquistas estão 4 títulos de campeonatos nacionais em juvenis e juniores, 2 títulos de campeonatos sul-americanos em juniores e menores de 23 anos e ele ainda figurou em 3º lugar no ranking mundial de menores de 18 anos em longa pular. 
O esporte abriu portas para convites de 8 universidades nos EUA, Samory escolheu a Kent State University e se formou em Relações Internacionais. Fluente em 3 idiomas, português, inglês, espanhol e aprendendo o 4º – alemão, lembra do duro começo em um país estrangeiro longe da família e dos amigos, mas a garra que se construiu como atleta o fez superar os desafios, ser inspiração para os outros como ele, ávido por seguir seus passos e é a prova viva de que o esporte pode mudar vidas. Atualmente, ele está treinando para garantir uma vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio

2021.03.08 GLOBE PERSON CONVIDA: BEATRIZ DOCKHORN

Do quintal de casa para os
5 continentes

Tendo sido atleta desde a infância, Beatriz Dockhorn cresceu seguindo uma disciplina rígida de melhoria contínua, horários e metas árduas para atingir e melhorar resultados. Foi um preparo excelente para a sua vida profissional. A empresa Bia Brazil, que começou no quintal de sua casa, hoje exporta para 61 países, entre eles Líbano, Finlândia e México, e abriu recentemente loja própria em Fort Lauderdale, USA. Sempre com o foco de ser um dos melhores produtos no segmento, buscando alta qualidade, inovação e sustentabilidade, é realmente uma brasileira que enche nosso país de orgulho. Alexandre Pussieldi, nosso jornalista internacional, conduz esta entrevista. Ambos eram atletas do Grêmio Náutico União na mesma época e viraram GlobePersons. Mostrando que o “Globe” é pequeno, via o carro adesivado da BiaBrazil circulando pelas ruas de Fort Lauderdale, USA, onde mora a muitos anos, e vibrava de ver um brasileiro de sucesso, sem saber que a Bia era sua colega de infância.

2021.02.05 GLOBE PERSON CONVIDA: Alexandre Pussieldi

Comentando a natação mundial

Competente e com carisma gigantesco, Coach Alex aposentou-se como comentarista da Globo/SporTV depois de mais de uma década em que cobriu três Olimpíadas, três Jogos Pan-Americanos e nove Campeonatos Mundiais. Iniciou sua carreira em Porto Alegre, mudou-se para Recife, depois para a Flórida como treinador da famosa clínica Jack Nelson. Em 2008 cobriu sua primeira olimpíada em Pequim. Comentar natação na televisão não é tarefa fácil dado o volume de acontecimentos em curto espaço de tempo, que exigem concentração extrema (centenas de nadadores, cálculos mentais de parciais de provas rapidíssimas, prestar atenção aos mais diversos tipos de recordes e rankings etc). Conhecido como sendo uma espécie de oráculo da natação brasileira, Coach Alex criou um novo patamar de qualidade, provendo informações precisas, histórias de bastidores, curiosidades, estatísticas, tudo na medida certa.

2021.06.22 GLOBE PERSON CONVIDA: gustavo piza

Desenvolvento a natação olímpica no Qatar

Gustavo Piza, é um treinador de natação que depois de fazer sucesso no Brasil foi contratado para trabalhar no Oriente Médio. Piza é o Treinador Nacional das equipes de base da natação do Catar, um dos países mais ricos do mundo que tem investido milhões de dólares no desenvolvimento do esporte local além de virar centro de referência para eventos internacionais. Piza nos traz detalhes de como é a vida de um brasileiro quebrando paradigmas numa cultura islâmica e num esporte que ainda está em desenvolvimento na região.

2021.06.12 GLOBE PERSON CONVIDA: guilherme costa

Desenvolvento a natação olímpica no Qatar

Guilherme Costa é comentarista esportivo da rede Globo, e talvez o jornalista no Brasil com maior conhecimento sobre o mundo esportivo internacional, o que lhe permite comentar todos os esportes da olimpíada de Tóquio. Figura garantida no seleto grupo de jornalistas selecionados para cobrir este evento internacional, em que também está nosso jornalista Alexandre Pussieldi, ele nos conta um pouco de sua história no mundo esportivo, que iniciou aos 10 anos no Pan de 1999, passou por situações memoráveis como ter previsto os vencedores mundiais de 130 das 306 medalhas de ouro da Rio 2016 (só superado em 1 medalha pela Sports Illustrated), e se prepara para mais uma vez brilhar nas telas com suas vibrantes narrações

ENTREVISTAS

Movimento Paralímpico

2021.06.29 Liége gautério e dr.bernardo mastella6

Além das fronteiras da vida com o transplante de órgãos

Sabemos da importância da doação de órgãos, e nesta entrevista vamos além das fronteiras da vida, entrevistando Liége Gautério, que há 10 anos recebeu um pulmão em um transplante e é este órgão que lhe dá fôlego (literalmente) para ser uma atleta medalhista internacional dos 100m TX. Vivendo com um pulmão só, Liége Gautério, que foi a primeira atleta a representar o Brasil no Campeonato Mundial de Transplantados, ressalta a importância do esporte na sua vida, e indica principalmente para as pessoas na fila de transplantes: uma preparação física adequada, alimentação, sono, vão diminuir a possibilidade da rejeição do órgão recebido. Participa também desta entrevista o dr.Bernardo Mastella, que trabalhou na equipe de cirurgia de transplantes no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, proporcionando a inúmeros pacientes um renascimento, uma nova vida.

2021.08.22 Globe Person convida: Clodoaldo Silva

A deficiência estabelece limites, mas não a incapacidade

Clodoaldo Silva, também conhecido como Tubarão Paralímpico, é um dos principais nomes do esporte paralímpico do Brasil. Ele está entre os maiores medalhistas do desporto adaptado do país. Em cinco edições de Jogos Paralímpicos conquistou a marca impressionante de 14 medalhas (6 ouros, 6 pratas e 2 bronze). Clodoaldo foi o atleta escolhido para conduzir e acender a Pira Paralímpica na abertura dos Jogos do Rio, em 2016. Além de se destacar nas piscinas, o campeão paralímpico é palestrante, empresário, comentarista do esporte paralímpico, pai dedicado e atuante na área de inclusão das pessoas com deficiência. Nesta breve entrevista ele nos conta de forma extrovertida a sua história de resiliência, determinação, superação, reinvenção, sucesso, inclusão e alegria.

2021.03.19 Globe Person convida: Daniel Dias

Vida além das fronteiras do preconceito

Daniel Dias, brasileiro, recebeu por 3 vezes o Prêmio Laureus World Sports Award for Sportsperson of the Year, concedido anualmente aos esportistas de maior destaque. Recebeu já 38 medalhas em campeonatos mundiais, e você o verá certamente ganhando mais algumas em Tóquio, nos Jogos Paralímpicos. Nas palavras dele “Eu não sou uma atleta com deficiência – sou um atleta paralímpico”, um bebê que nasceu sem ter os pés e as mãos, e que diz que esta é uma característica física sua, não algo que o define. Sua percepção de mundo, de desafios, de sonhar e fazer acontecer, nunca mais vai ser a mesma depois de ouvir esta entrevista. Eu garanto. https://www.paralympic.org/daniel-dias

2021.04.13 Globe Person convida: Guilhermo Sanchis

Movimento paralímpico

Você quem tem uma imagem do deficiente como um ‘coitadinho’, está na hora de quebrar seu paradigma: os atletas paralímpicos tem muito a ensinar a nós que nos consideramos ‘normais’. Eles não estão para brincadeira, querem ganhar medalhas, quebrar records e se destacar, e ver seus sonhos realizados. Compensam suas deficiências com muito trabalho árduo, disciplina e dedicação. Como categorizá-los de forma que estejam em condição similar de deficiências para competirem? Esta é a especialidade de Guilhermo Sanchis, que avalia os candidatos à vagas paralímpicas e os categoriza conforme suas limitações em uma das 14 classes: 10 físicas, 3 visuais e uma mental. Seu parecer é fundamental para um esporte mais justo. Nesta entrevista ele conta sobre sua jornada de GlobePerson, nascido na Argentina, tendo residido em Porto Alegre (Brasil), Inglaterra, Alemanha e atualmente em Fortaleza (Brasil), sua entrada no movimento paralímpico e sua absoluta paixão por ele.

ENTREVISTAS

Brasileiros sem fronteiras

2021.06.09 GLOBE PERSON CONVIDA: Conrado Giulietti

A voz da comunidade brasileira dos EUA

Conrado Giulietti cresceu cercado por familiares no meio jornalístico em Santos, onde sua mãe trabalhava. Começou narrando os feitos do Santos Futebol Clube logo após a vitória do campeonato, passou pela rádio Eldorado, trilhou uma carreira de sucesso na ESPN onde buscou ser expatriado para ir morar nos EUA, algo que lhe foi negado. Mas não desistiu de seu sonho.
Abandonou então a carreira de 10 anos na ESPN, onde já era editor chefe, e foi, juntamente com sua mulher atrás de seu sonho. Hoje em dia, realizado como pai e pelo carinho que recebe de seu público, basicamente a comunidade brasileira nos EUA, ouvido sua voz alegre, informativa e cheia de energia positiva ecoando na terra do tio Sam.

2021.04.20 GLOBE PERSON CONVIDA: Cassio Faccin

Um empresário de sucesso nasce após a crise

O paulista Cassio Faccin veio aos Estados Unidos para trabalhar em uma empresa multinacional como executivo da área de logística. A crise atingiu a empresa e sua função. Teve coragem e determinação de se reinventar, mudar de ramo de atividade e, por isso, estudou para se credenciar como corretor de imóveis em um novo mercado. Ele então foi atingido por outra crise.
Ainda abalado por essas duas grandes crises, ele conseguiu se recuperar e hoje é um dos maiores corretores imobiliários da Flórida. Com atuação em diversos países, tem ajudado clientes de diversas localidades a realizar o sonho de ter uma casa própria nos Estados Unidos. Essa história de resiliência, garra, determinação e, acima de tudo, coragem para sair mais forte depois das crises nos inspira a acreditar no futuro e a buscar novos rumos, mesmo que a realidade que tenha pela frente pareça difícil.

2021.04.06 GLOBE PERSON CONVIDA: Henrique Saucedo

GlobePerson vai à Hollywood

O mundo definitivamente não seria tão desenvolvido se não fosse pelas pessoas que ousam ser diferentes, ultrapassam limites, escolhem seu próprio caminho apesar da opinião dos outros. O conceito popular de “diversidade” que o mundo dos negócios está tentando implementar, a arte já o conhece há muito tempo – pessoas que são diferentes, que não se encaixam na ‘moldura’ padrão, geralmente são adaptáveis, criativas e inteligentes ao extremo – elas tiveram que ser para “sobreviver” em um mundo de padronização.
Nesta entrevista conheceremos Henrique Saucedo, animador 3D que atualmente trabalha na Halon Entertainment, e já fez alguns trabalhos para Fortnite, Jumanji, Dolittle e Spellbreak entre outros.
Quando criança, sempre se destacou de seus colegas em artes e inglês. Vendo isso como um sinal, ele buscou um prestigioso diploma de arte em uma renomada universidade nos Estados Unidos. Mas traz surpresas, e, quando ele estava perto de se formar, ele foi suspenso da faculdade por ser gay. Em vez de desistir de suas crenças, ele seguiu seu coração, voltou para a faculdade e se formou em Animação por Computador na Brigham Young University. Hoje em dia ele é casado e feliz, vivendo a vida dos seus sonhos.

2020.12.28 Globe person convida: Roberto Colnaghi Jr

Gerente de estrutura do Google conta sua história

Steve Jobs sempre dizia “se não estiver satisfeito, continue procurando, não se acomode”. Lembramos disso ao ouvir a história de Roberto Colnaghi Jr. Ele sempre sonhou em morar no exterior e, por isso, solicitou a cidadania canadense. Após a obtenção, mudou-se com a família, vendendo todos os seus pertences para construir uma nova vida no exterior. O começo foi difícil, ele conseguiu um emprego que mal cobria o custo de vida da família, depois de um ano voltaram para o Brasil, passado um tempo de volta ao Canadá, nova volta ao Brasil, onde criou uma startup, trabalhou na Amazon, morou em Seattle, depois se mudou para Santa Cruz, na Califórnia, e agora trabalha no Google.
É uma jornada incrível que ele e sua família têm vivenciado, indo muito além de suas zonas de conforto, sempre à altura dos novos desafios que a vida lhes traz.

Guest: Marina Winkler Alves

Marina in the land of the rising sun

Marina was finishing high school and almost giving up to live abroad, as she always dreamed, when she heard about the scholarships offered by the Japanese government. She needed hard work to improve her skills in math, but passed the test and got to study fashion in one of the most prestigious fashion universities in Japan. Along the way plans changed and she now works as Java programmer. She speaks fluent Japanese, and their mates are impressed not with her impressive proficiency in Japanese, but that she speaks English, that “is so difficult” 🙂 It is a great interview, you can not miss it !

 
Guest: Débora Gonçalves

Relocation to Silicon Valley

Débora Gonçalves is a Senior Relocation Consultant who is specialised in movings to the San Francisco Bay Area/Silicon Valley. Since 2011 she has assisted over 600 assisted employees, interns and candidates for jobs at all major tech companies (Google, Apple, Amazon, Facebook, Microsoft, LinkedIn, Twitter, Electronic Arts, Dropbox), Financial and Consulting Companies (Goldman Sachs, JP Morgan Chase, KPMG, PwC, Ernest&Young, BlackRock), Car Companies (VW, Audi, Tesla), and other companies (Chevron, Philips, GE, GAP, EventBrite, Burberry, Sephora).

If you have a “fat” proposal from one of the IT giants, plan to continue your studies in the universities in the neighbourghood, or even if you are considering just to go there and take your chances, you should definetively hear her tips.

 
Guest: Luisa David

Working in Google and Whatsapp

One can definitively not say that Luisa is afraid to move out of her comfort zone. She always dreamed to live abroad, but her parents did not believe that she would stand being away and participating in an exchange program. She then made a deal that, as soon as she finished high school, they would pay her tuition in an university abroad.

She has been living in USA ever since, first in California, and now in Texas. Despite her your age, she graduated in San Diego University, worked 4 years in Google and now is Legal Analyst in Whatsapp in Austin. Hear the experience of this brave Brazilian woman that decided where to go, planned, and now is living the life of her dreams.

Guest: Carolina Garcia Chaves

High School for a tennis player

Carolina Chaves is a successful tennis player from Porto Alegre, Brasil who got the opportunity to improve her skills by joining Montverde Academy High School in Florida. She had been studying there for four years, being part of the school’s tennis team and having excellency in her academics She has proven to be a leader by being part if the National Honor Society and her school’s Arts and Athletics Committee, Headmaster’s Leadership Institute, and being the Head Prefect of her school. She has received several prizes including the Headmaster’s award, Most Valuable player and the Purple and Gold award, which is given to the varsity student-athlete that exemplifies the fundamental tenets of Montverde Academy.

With such an impressive CV she applied for several universities and got accepted in the majority of them, choosing Adelphi due to the location and the two scholarships she received, covering 85% of the tuition costs, not only for her tennis skills but mainly for her academic curriculum.

 
ENTREVISTAS

Muita Coragem na bagagem

Convidados

Muita coragem na bagagem

A característica que mais diferencia os latinos dos europeus é a paixão por outro ser humano ou animal, e particularmente a paixão pela vida e tudo o que ela tem a oferecer. Enquanto os suecos tem uma palavra que os define bem, o ‘lagom’, que quer dizer ‘suficiente’, latinos amam ou odeiam, a bebida tem de estar quente ou gelada, mas jamais morna, o tom de voz varia de acordo com a intensidade do sentimento. O seminário de hoje conta justamente a história de 3 apaixonados pela vida, que deixaram a segurança de suas casas para se aventurar em novos horizontes. Como diz a Martha Medeiros, “… chega uma hora em que o convite para arriscar merece ser atendido. O pior que pode acontecer é tudo dar errado. Pior em termos. Dar errado não é tão ruim diante alternativa de nunca ter tentado”.

ENTREVISTAS

Mente sã em corpo são

Convidados

Mente sã em corpo são

Este provérbio romano pretende chamar a atenção para a uniãoexistente entre o corpo e a mente. Para termos uma mente saudável e um corpo saudável temos de fazer exercício físico, descansar, ter uma boa alimentação, higiene física e oral, entre muitas outras coisas, que devemos realizar diariamente. Neste evento Andréa aborda o lado psicológico da mudança para uma nova localidade, seguida de Isadora, falando sobre a adaptação dos hábitos nutricionais às diferenças de clima e cultura, seguida por Eduardo, da Perfect Run, que dá dicas de como iniciar uma rotina de corridas que ajuda aliviar o stress e pode ser feita em praticamente qualquer localidade.

This website uses cookies. By continuing to use this site, you accept our use of cookies.